domingo, 22 de março de 2009

Historia do Parkour

O Parkour (conhecido antigamente no Brasil como "Le Parkour" - abreviação: PK) é uma disciplina física de origem francesa, em que o participante, chamado de "traceur" no masculino, ou "traceuse" no feminino, sobrepõe obstáculos de modo mais rápido e direto possível, utilizando-se de diversas técnicas como saltos, rolamentos e escaladas.

O Parkour moderno surgiu quando David Belle e os irmãos Yahn, Frederic Hnautra e David Malgogne se encontraram nas ruas de Lisses, em Paris e decidiram colocar naquela paisagem Urbana os conhecimentos de movimentação natural estudados e desenvolvidos . Perceberam que tinham muito em comum, tanto no prazer pela busca da forma física plena como no desejo de vencer desafios e superar obstaculos.




A Origem do Parkour






Os movimentos do Parkour são utilizados desde o inicio da humanidade, mas a arte de superar obstáculos na verdade foi criada nos anos 80 em Lisses, França. 

Tudo começou quando David Belle e os irmãos Yahn, Frederic Hnautra e David Malgogne e um grupo de amigos resolveram adaptar para a cidade e o Urbanismo a disciplina militar conhecida como "parcours du combattent" (o percurso do combatente), disciplina militar derivada do método natural, a qual Reymond Belle (pai de David Belle) praticou e repassou os conceitos para o seu filho (David Belle), O nome Le Parkour surgiu desta expressão "parcours du combattent".


Após anos de treinamento estes jovens em questão cresceram e dois deles se tornaram ícones da atividade por desenvolverem a arte de forma profissional. Dois deles são os conhecidos David Belle e Sebastien Foucan.






A nomenclatura: Parkour






A inspiração para criar o nome veio da expressão "Parcours Du Combattant". Foi uma referência ao percurso de obstáculos desenvolvido por Georges Hébert (1875-1957), pioneiro na prática de educação física na França como parte de seu "Méthode Naturelle" ou Método Natural de Educação Física, concebido no início dos anos 20 e que foi utilizado por soldados franceses na Guerra do Vietnã para realizar resgates.



O termo Parkour [/paʁ.'kuʁ/] foi definido por um amigo de David Belle. Ele deriva de "parcours du combattant", o percurso de obstáculos proposto pelo método natural de Georges Herbert. O inventor do termo Parkour pegou a palavra "parcours", substituiu o "C" pelo "K" para sugerir agressividade, e removeu o silencioso "S" como oposto à filosofia do parkour sobre eficiência (é preciso lembrar que o "o" não é mudo.

Traceur [tʁa.'sœʁ] e traceuse são substantivos derivados do verbo tracer que normalmente significa "traçar", sendo também traduzido como "ir rápido".





Qual o objetivo da prática






Basicamente, o Parkour é a arte do deslocamento ou a arte de ser útil superando obstaculos. Por meio de movimentos eficientes os praticantes de Parkour podem ir de um lugar a outro utilizando somente os recursos que seu corpo pode oferecer.


Parkour como Filosofia de Vida






O Parkour atualmente para várias pessoas se tornou uma filosofia de vida. Esta filosofia tem como base principal as frases: "Ser forte para ser Util" e "Ser e Durar", ambas as frases foram retiradas do Método Natural de Georges Herbert e foram disseminadas por David Belle como um dos alicerces da prática do Parkour.





A Popularização do Parkour






Em meados de 1997, David Belle gravou algumas matérias pra TV francesa e propagandas mostrando o que ele e seus seguidores eram capazes de fazer com o corpo e após estes vídeos cairem na Internet (Youtube) com algumas outras compilações de imagem de David Belle foi que a pratica começou a se dissipar pelo mundo. Em 2003 um documentário exibido pelo Discovery Channel chamado Jump London fez com que o Parkour, denominado por freerunning pela imprensa, crescesse ainda mais na Europa e se expandisse pra outros países. Assim um grupo de praticantes ingleses conhecidos como Seidojin fundaram um site de discussão sobre o Parkour e o Free Running:\ o conhecido mundialmente UrbanFreeFlow.


Muitas polêmicas e discussões então começaram a surgir, pois eles começaram integrar ao Parkour novos movimentos como flips (mortais) e spins (giros) que não faziam parte do Parkour Puro e Original. Então os Seidojin deixaram a filosofia de lado e criaram o FreeRunning(FRPK) onde qualquer tipo de movimento é aceito mesmo não tendo algum tipo de "objetivo final" e mais discussões surgiram e surgem até hoje. Algum tempo depois mais um documentário, também exibido pelo Discovery, unindo traceurs franceses e o pessoal do UrbanFreeFlow foi ao ar, este então chamado Jump Britain.


Nessas proporções a prática do Parkour e do FreeRunning não paravam de crescer, até que estreiou no cinema e nas locadoras o filme 13º Distrito (Banlieue 13) estrelado por Cyril Raffaelli (perito em artes marciais) e David Belle (criador do Parkour), onde muitas cenas exploram a habilidade do Parkour, fazendo com que muita gente passasse a conhecer ou ao menos se entusismar com a pratica.


Conheça um pouco mais do Parkour pela visão do criador da prática (David Belle).




Linha do Tempo | Parkour Mundial





1875 – 27 de abril. Nascimento de Georges Hébert, em Paris.

1902 – 8 de maio. Hébert coordena a evacuação da cidade de St. Pierre, na Ilha de Martinica, após a erupção de um vulcão.

1912–1946 – Publicação dos livros de Hébert sobre o Método Natural.

1939 – 3 de outubro. Nascimento de Raymond Belle, pai de David Belle, no Vietnã, então Indochina.

1957 – 2 de agosto. Falecimento de Georges Hébert, em Tourgéville, Calvados, França.

1973 – 29 de abril. Nascimento de David Belle, em Fécamp, França.

1974 – 24 de maio. Nascimento de Sébastien Foucan.

1987 – David Belle se muda para Lisses e encontra com Sébastien Foucan pela primeira vez.


1993 – David Belle entra para a brigada de bombeiros.

1993 – Sébastien Foucan começa a dar nomes para os movimentos chaves da prática.

1995 – Início do uso do termo Art du Déplacement para designar a prática por Yann Hnautra, David
Belle e David Malgogne.

1997 – Maio. Veiculada a primeira reportagem televisiva com David Belle e outros tracers, no canal francês France 2 (ou Stade 2).

1997 – 31 de maio. Criação da primeira associação Yamakasi, tendo como membros: David Belle, Sébastien Foucan, Yann Hnautra, Frederic Hnautra, Charles Perrière, Malik Diouf, Guylain N’Guba-Boyeke, Châu Belle-Dinh e Williams Belle.

1998 – 17 de fevereiro. Dissolução da associação Yamakasi.

1998 – Yahn Hnautra, Charles Perrière, Guylain N’Guba-Boyeke, Châu Belle-Dinh e Williams Belle assinam um contrato de dois anos com o musical francês “Notre Dame de Paris” (turnê entre a França e o Canadá).

1998 – 11 de maio. Criada a segunda associação com o nome de Yamakasi, tendo como presidente Yann Hnautra e vice-presidente Laurent Piemontesi.

1998 – Criação e registro do termo Parkour, por David Belle, Sébastien Foucan e Hubert Koundé.

1999 – Dezembro. Falecimento de Raymond Belle.


2000 – 31 de maio. Nova associação criada com o nome de Parkour, com Sébastien Foucan como presidente e contando com Kazuma, Stephane Vigroux e Jerome Ben Aoues. Belle não participa.

2001 – Produção do filme Yamakasi – Samurais dos Tempos Modernos (Yamakasi – Les samouraïs des temps modernes), dirigido por Luc Besson. Participam: Yann Hnautra, Charles Perrière, Malik Diouf, Guylain N’Guba-Boyeke, Châu Belle-Dinh, Williams Belle e o estreante Laurent Piemontesi.

2002 – David Belle estrela um comercial da BBC para o programa Rush Hour.

2003 – Produção do documentário Jump London, dirigido por Mike Christie, para o Channel 4. Participação de Sébastien Foucan, Johann Vigroux e Jerome Ben Aoues.

2003 – Criação do termo Freerunning; por sugestão de Guillaume Pelletier.

2004 – Lançamento do filme Bairro 13 ou 13º Distrito (Banlieue 13), dirigido por Luc Besson, com participação de David Belle e Cyril Raffaelli.

2005 – Produção do documentário Jump Britain, dirigido por Mike Christie.

2005 – Criação da produtora independente Majestic Force pelos membros remanescentes dos Yamakasi: Yann Hnautra, Laurent Piemontesi e Châu Belle-Dinh, junto com o produtor Bruno Girard.

2005 – David Belle cria a Parkour World Association – PAWA para difundir e defender os valores do Parkour no mundo.

2005 – Criação do fórum Parkour.NET, central mundial de informações e discussões sobre Parkour.

2005 – Início da produção do documentário Geração Yamakasi (Generation Yamakasi) com os membros do Majestic Force.

2006 – Sébastien Foucan divulga o Freeruning na tour “Confessions” de Madonna e no filme James Bond 007 – Casino Royale;

2006 – Dissolução da PAWA.

2006 – Criação do Parkour Generations, união da primeira e da segunda geração de tracers europeus incluindo Stephane Vigroux, Johann Vigroux, Kazuma, Seb Goudot e alguns dos membros do Yamakasi.

2007 – Conclusão e lançamento do documentário Geração Yamakasi (Generation Yamakasi).

2007 – 1 de maio. Divulgação do Á Favor do Parkour, Contra Competição (Pro Parkour Against Competition), um manifesto que ganhou adesão mundial e foi escrito por Duncan Germain e Erwan Lê Corre contra competições utilizando o Parkour.

2007 – Criação da WFPF – World Freerunning & Parkour Federation.

2007 – Criação do Redbull Art of Motion, a primeira competição internacional usando o nome do Freeruning.

2008 – Lançamento do documentário Projeto Pilgrimage (Pilgrimage Project) idealizado e produzido por Duncan Germain com aprovação de David Belle.

2008 – Sébastien Foucan lança seu primeiro livro Freerunning – Find Your Way.

2008 – Maio. Criação do Add Academy, uma entidade francesa criada pelos Yamakasis com intenção de transmitir atividades evalores para a comunidade.

2008 – Junho. Fechamento do Parkour.NET. O fechamento aconteceu mediante contato e notificação oficial por parte de Jean-François Belle (irmão do Belle) que solicitou a exclusão de tudo que fosse referente aos termos: “David Belle”, “Parkour”, “Yamakasi” e a “Família Belle”. David Belle aprovou a atitude do irmão.

2008 – Lançamento do filme Missão Babilônia (Babylon A.D.), dirigido por Mathieu Kassovitz. Com participação de David Belle e outros tracers.

2008 – Instituição da qualificação A.D.A.P.T. (Art du Deplacement and Parkour Teaching Qualification), criado pelo Parkour Generations para certificar instrutores de Parkour.

2009 – Lançamento do segundo livro de Sébastien Foucan: Freerunning – The Urban Landscape Is Your Playground.

2009 – 26 de Setembro. One Giant Leap. Primeira campanha mundial utilizando o Parkour. Liderada pelo Parkour Generations e pelo Sandbag, teve adesão de mais de 35 países e manifestou-se a favor de clausulas mais rígidas no tratado de Copenhagen para obtenção de energia sem maiores agressões ao meio ambiente.

2009 – Estréia do MTV’s Ultimate Parkour Challenge, especial de 1 hora no canal fechado MTV que veicula abertamente o Parkour a uma competição. Estrelado pelos atletas da WFPF. Vencedor: Daniel Ilabaca.

2009 – Lançamento de Distrito B13 – Ultimatum (Banlieue 13 – Ultimatum), dirigido por Luc Besson e novamente com David Belle e Cyril Raffaelli.

2009 – David Belle lança o seu livro Parkour com prefácio de Luc Benson e contando toda a história por trás da atividade.

2010 – Maio e Junho. O programa MTV’s Ultimate Parkour Challenge volta ao ar como uma série de 6 episódios estrelando novamente os atletas da WFPF. Participam: Daniel Ilabaca, Ryan Doyle, Oleg Vorslav, Ben Jenkin, Michael Turner, Tim “Livewire” Shieff, Daniel Arroyo, Pip Andersen e King David.








O Inicio do Parkour no Brasil





O Parkour no Brasil começou em 2004 com vários praticantes começando a atividade ao mesmo tempo. O nomes que mais se destacaram nessa época são o do Tracer Leonard Ribeiro Jacinto (conhecido como Leonard Akira ou somente "Akira") criador do Grupo Parkour Brazil e Eduardo Bittencourt criador do grupo Le Parkour Brasil. Na mesma época outros jovens de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília também começaram a se aventurar na prática de origem francesa, e estudar sua filosofia.



 


 A Propagação do Parkour no Brasil





A primeira vez que se teve noticias de outros "traceurs" no Brasil, foi no inicio de 2004, quando alguns grupos em Brasília e São Paulo deram uma entrevista para Revista Isto É (que não é considerada uma verdadeira matéria sobre parkour por terem focado o parkour como uma filosofia Radical e Kamikaze - a revista distorceu a matéria ). Depois, com o tempo, foram nascendo grupos em Curitiba e Florianópolis. 


Nesta época o Jornal Folha de São Paulo fez uma entrevista com Leonard Akira Hka e o Grupo Le Parkour Brasil de SP e foi uma grande referência em questão de matéria sobre parkour no Brasil e foi então que o Estopim foi aceso.

Depois dessa entrevista para o jornal , ouve uma divulgação do Grupo Le Parkour Brasil para o Programa da MTV Gordo Freak Show (considerado um canal fechado - pois o mesmo é aberto apenas para capitais ou grandes cidades, excluindo pequenas cidades.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/MTV_Brasil


A mesma matéria mostrou erroneamente o Parkour como uma pratica Vandalizada e Radical (mas a matéria serviu como degrau para mais divulgações).
 

Depois da matéria para MTV, Leonard Akira e mais dois "traceurs" Rafael e Fernando (Nabo), foram convidados para dar uma entrevista para o Programa a Noite é uma Criança, de Otávio Mesquita na Band. A matéria, mesmo exibida de madrugada, foi o impulso que faltava para grandes divulgações (já que se tornou a primeira matéria em TV aberta do Brasil ) - "a matéria foi engraçada e bem divertida e mostrou um pouco o que é o parkour" - Leonard Akira.


Depois dessas divulgações surgiram muitas outras para a Internet e Faculdades e surgiram mais divulgações em TV Aberta como Band, SBT, Record, Gazeta e Rede Globo, aonde Leonard Akira e traceurs do Rio de Janeiro (Voltz Parkour) gravaram uma excelente matéria para o Fantástico! E houve outras matérias para canais fechados também, como ESPN, Multishow (Tribos, com Daniela Suzuki), Sony, etc.



Parkour na Mídia Brasileira


* Julho de 2004: Programa do Cazé na MTV, com vídeos do David Belle baixados da Internet.

* Setembro de 2004: Revista Isto É, com praticantes de Brasília e São Paulo.

* Fevereiro 2005: Programa Gordo Freak Show, na MTV, com o grupo Le Parkour Brasil e Convidados.

* Setembro 2005: Matéria de grande repercussão no Jornal Folha de São Paulo, mostrando a equipe Le Parkour Brasil e o Traceur Leonard Akira.

* Novembro 2005: A noite é uma Criança, entrevista com Leonard Akira do grupo Parkour Brazil.

* Outubro 2005: Domingão do Faustão, com o grupo Le Parkour Brasil.

* Dezembro 2005:  Fantástico, na Globo, com grupo "Freerunning RJ" conhecido na época como TOBU le parkour e Leonard Akira do grupo Parkour Brazil.

* Julho de 2006: Charme, no SBT, apresentado pela Adriane Galisteu. Com Leonard Akira e a Equipe Parkour Brazil.

* Fevereiro de 2006: ESPN. Com tracers de Santa Maria e Porto Alegre e Leonard Akira da Equipe Parkour Brazil Team.

* Maio de 2007: Tribos, no Multishow, apresentado pela Daniele Suzuki. Com a equipe TOBU le parkour e o traceur Leonard Akira do grupo Parkour Brazil Team.

* Outubro de 2009: Programa Geraldo Brasil, na Record com o traceur Leonard Akira e o grupo Parkour Brazil Team.

* Março 07 de 2009: Revista de Sábado, na Globo (Interior com o Grupo Suburbio 43 e o traceur Leonard Akira do grupo Parkour Brazil.

* Maio de 2010: Legendários, na Record com o traceur Leonard Akira e Natalia Caroline (Naty) - grupo Parkour Brazil.




A Historia de Leonard "Akira" no Parkour





Em 2001 Leonard Akira teve seu primeiro contato com o que seria o Parkour por intermédio de um que estava realizando um intercâmbio em Londres e teve a oportunidade de conhecer o que ainda era a cena "Underground" e pouco conhecida do Parkour com traceurs europeus. Depois de conversar e aprender um pouco sobre a Filosofia da pratica esportiva sem competição, seu amigo lhe passou alguns links de fotos e alguns blogs para Akira no Brasil, que se interessou na prática mas não deu inicio aos treinos na época. 

Em 2002, Leonard Akira começou a tentar seus primeiros saltos e começou a escrever sobre a Parkour em seu antigo blog, mas desanimou e os treinos e postagens que já eram poucos começaram a ser cada vez mais escassos.

Em 2003, uma tentativa frustada de treino lesionou Leonard Akira, que estava acima do peso na época. Após um salto ele torceu o tornozelo esquerdo pela primeira vez e se ausentou de qualquer prática física, inclusive as artes marciais sua paixão desde criança.

Em 2004, Leonard teve contato novamente com a prática do Parkour em uma matéria exibida na MTV no antigo programa Buzzina, de Cazé Peçanha. A partir daquele momento ele decidiu treinar frequentemente e ser tornar um Traceur definitivamente.




O inicio da prática






Como no Brasil em 2004 ainda não existiam praticantes no Interior de São Paulo, "Akira" (Leonard Ribeiro Jacinto), começou a treinar sozinho, utilizando-se de novas fontes sobre o parkour obtidos pela Web. No mesmo ano treinando começando a treinar seriamente Akira começou a formar as bases para a primeira pagina sobre parkour do Brasil.





O primeiro site de Parkour do Brasil





Em setembro de 2004 a sua ideia de criar uma página de Parkour foi executada e a antiga página Le Parkour Brasil foi ao ar pelo Blogger.com.br, pouco tempo depois a mesma se tornou o "point" principal de "traceurs" de todo Brasil (mesmo contendo erros no primeiro ano que foi ao ar, por culpa de traduções do Inglês e Francês para Português). Com a página no ar e treinando em Garça (interior de São Paulo) Akira começou a treinar as técnicas básicas e naquela época já começou a compartilhar seu conhecimento pela atividade com outras pessoas e começou a postar sobre suas experiências em seu Blog.





A primeira grande Matéria do Parkour Nacional






Em 2005, praticantes de São Paulo e Leonard Akira , foram convidados a fazer o que seria a primeira grande matéria sobre o Parkour do Brasil, para o Jornal Folha de São Paulo, tal matéria teve repercussão Nacional. E assim a primeira pagina sobre o Parkour do Brasil teve um aumento crescente de visitas por ser a única fonte de informações sobre Parkour na época. (Fonte: Folha de SP 08/09/2005).     www.leparkourbrasil.blogger.com.br


Hoje este blog evoluiu e se tornou o Portal Parkour Brazil (www.parkourbrazil.com). 

Principal ponto de referência para os interessados em parkour no Brasil. 




As primeiras Aulas de Parkour





Em 2005 Akira começou a ensinar o Parkour pelo Interior de SP (Garça, Bauru, Botucatu, etc) para amigos e praticantes de Artes Marciais, e com isso foi se tornando cada vez mais conhecido por compartilhar seus poucos conhecimentos na época com outros praticantes.

Nesta época Leonard Akira decidiu se unir com um grande grupo para divulgar a prática e então conseguiu o auxilio da Urban Free Flow. ( www.urbanfreeflow.com ), que o auxiliou no inicio de sua pratica e lhe disponibilizou tutoriais para auxiliar na disseminação do Parkour pelo Brasil.

Com a ajuda da Urban Free Flow Leonard Akira criou a primeira página de auxilio para novos praticantes do Parkour. www.tecnicaspk.blogspot.com





O Primeiro Curso do Brasil






Em 2006 Leonard Akira criou oficialmente equipe Parkour Brazil e dois anos depois criou o primeiro Curso de Parkour do Brasil. Com uma metodologia própria de ensino (Método Lepartano) onde os praticantes exploram todo seu potencial de forma direta e divertida.

É por este motivo que Leonard Akira é conhecido e reconhecido atualmente como o Primeiro Instrutor de Parkour do Brasil e atualmente é responsável pelos treinos de Parkour do curso - Lepartanos. www.lepartanos.com









Um dos maiores Propagadores da Atividade no País.






Leonard Akira também se tornou conhecido não por ministrar aulas de Parkour, mas também por ser um disseminador da pratica do Parkour. Ele participou do maior numero de matérias a respeito do Parkour em vários estados brasileiros e em variados meios de divulgação (revistas, sites, jornais, tv, rádio, etc) e continuou nessa empreitada em uma jornada que durou cerca de 05 anos, onde ele se tornou conhecido por ser um dos principais divulgadores da prática do Parkour no Brasil



Hoje as páginas Parkour Brazil e Lepartanos são um dos maiores centros de informações e técnicas de Parkour no Brasil, tendo as mesmas cerca de 5.000 (cinco mil) acessos mensais.
Complemento: a página www.leparkourbrasil.blogger.com.br, foi considerada por vários "traceurs" o epicentro de informações de Parkour do Brasil, divulgando "crews", treinos e eventos em todo o país. 



Leonard "Akira" Atualmente






Leonard continua sendo um dos maiores propagadores da pratica do Parkour no Brasil e continua a desenvolver a atividade do Parkour em São Paulo Capital com seu Curso de Parkour, onde o objetivo é apresentar o Parkour Original aos interessados na atividade. 




O mesmo segue sendo conhecido pelos seus méritos:


Criador da primeira página sobre Parkour do Brasil.
Mais de 12 anos de prática de Parkour.
Nome mais conhecido na Propagação do Parkour Nacional.
O maior Portfolio de Projetos envolvendo o Parkour da America Latina.
Criador do Primeiro e mais conhecido Curso de Parkour do Brasil.
Criador do Site de Parkour mais acessado do País.







Fontes:
World Wide Jam:
http://www.worldwidejam.tv/foucan.jam.parkour.html
Artigo no Fórum da Parkour.NET:
http://parkour.net/Parkour-and-Free-Running-t181.html
Parkour Generations:
http://www.parkourgenerations.com
American Parkour:
http://www.americanparkour..com
AddAcademy:
http://www.add-academy.com/
Site contendo informações sobre a história do Parkour:
http://tracer2000.free.fr/us/indexus.html
Site Oficial de Sébastien Foucan:
http://www.foucan.com/
Site Oficial de David Belle:
http://kyzr.free.fr/davidbelle/
Wikipédia:
http://www.wikipedia.org/
Internet Move Database:
http://www.imdb.com/
Grupos antigos na França:
http://membres.multimania.fr/parkourll/4index2.html

Esclarecimento: a página (www.leparkourbrasil.com.br) foi criada em 02/09/2005. E fundou ali o site do grupo Le Parkour Brasil (2º site de Parkour do Brasil). E a mesma não tem nenhum vínculo com o site (www.leparkourbrasil.blogger.com.br) ou com a Parkour Brazil Team.

O nome do grupo Le Parkour Brasil de Leonard Akira foi alterado em 2009 para que o mesmo pudesse ser utilizado por outro grupo em São Paulo que solicitou a utilização do mesmo. Após isso o grupo foi renomeado para Parkour Brazil.